A História de Ward

A influência dos pais sobre os filhos

Nosso objetivo, ao criar nossos filhos, sempre foi treiná-los para que eles pudessem descobrir por si próprios seus propósitos na vida e o caminho certo para eles. Como pais, nós tentamos ajudar nossos filhos a entender que eles vão precisar fazer suas próprias decisões na vida e na fé e que essa responsabilidade cairá sobre eles. Isso veio como um desafio para nós quando, aos 17 anos de idade, nossa filha chegou da escola e nos contou que gostaria de servir com o Pais Project na Inglaterra. Nós a encorajamos a continuar orando neste propósito e fomos avaliar a organização por nós mesmos. Acabou que concluímos que ela estava fazendo uma sábia decisão no caminho da fé e para o propósito de sua vida.

Aceitando

Não foi nada fácil seguir o plano. Nossa filha foi uma das primeiras americanas a participar de um projeto pioneiro do qual nunca tinha participado antes. Ela fazia parte de uma banda em turnê que conectava escolas e estudantes de todo o país. Havia muitos desafios tanto para ela como para nós. As coisas nem sempre atingiam nossas expectativas, mas nossa filha se preservou em sua insistência. Era uma decisão dela. Isso nos desafiou como pais a continuamente “aceitar” de uma maneira que nunca tínhamos confiado em fazê-lo.

Maturidade além do Pais

A experiência realmente tornou nossa filha mais madura de uma forma que, se fosse depender de nós, nunca aconteceria. Isso a ajudou em seu caráter e independência, também a dando confiança para falar em público. O impacto causado a ajudou em sua vida durante a faculdade e além. Ela tem alcançado mais do que seria possível sem um ano de perspectiva e sabedoria adquiridos através dos ensinamentos no Pais. As várias formas que a experiência dela no Pais tem enriquecido nossas vidas são vastas e memoráveis. Nós somos gratos a Deus e àqueles que continuam a preservar o ato de fazer uma marca na vida de jovens (e mais velhos) que precisam crescer em seu propósito e maturidade. Obrigado, Pais Project.

A história dos Randall

Semente

Quando Dan tinha 11 anos de idade, os trabalhadores da escola em nossa região deram-lhe uma palavra profética e, embora parecesse difícil de compreender no início, a semente para ser um jovem ministro estava plantada em seu coração.

Dan sempre foi um membro ativo em seu grupo de jovens e com o passar dos anos algumas responsabilidades foram-lhe dadas, com as quais ele lidou muito bem e com muito entusiasmo.

Potencial

Seu plano era de ir para a Bible College depois de completar o nível ‘A’, mas Deus tinha outras ideias e o Pais chamou-lhe a atenção. Nós fomos até o Pais antes, para ter uma ideia do aprendizado oferecido. Nós demos a Dan nosso total apoio, não importasse qual seria sua decisão e ele se decidiu por se inscrever no Pais e foi aceito. Ele planejou ficar apenas por um ano, mas Deus tinha outros planos e agora ele está comprometido com o Pais por tempo indeterminado.

Antes de sair de casa, Dan estava envolvido com uma igreja ativa, grande, com atividades para jovens trabalharem e seu primeiro ano foi em uma igreja pequena, o que foi uma experiência totalmente diferente para ele. Nós estávamos um pouco preocupados sobre como ele iria se ajustar, mas vimos que não havia necessidade de nos preocuparmos, pois seria o lugar perfeito para ele desenvolver suas habilidades. Ele aprendeu e recebeu sabedoria divina de grandes líderes em um ambiente muito amoroso.

Louvor

Nós estamos muito impressionados com a profundidade dos ensinamentos que ele está recebendo, o qual o está moldando para ser um homem maduro de Deus. Ele está cercado por grandes líderes no Pais e na igreja local onde ele está alocado e ele está sempre recebendo oportunidades para crescer. Seus líderes reconhecem seu potencial e dá oportunidades para torná-lo hábil e também para gerar amadurecimento, assim como descobrir suas novas habilidades. Nós tivemos a oportunidade de ouvi-lo pregar em diversas ocasiões e é sempre motivador ver como ele cresceu nesta área e como Deus o está usando.

Ele teve desafios para encarar, particularmente em relação à sua acomodação, o que nos causou uma certa ansiedade como pais, mas através disso aprendemos a confiar em Deus mais e temos visto a fidelidade de Deus trabalhando na prática.

Não há elogios o suficiente para o Pais. A cada ano em serviços de comissionamento e graduação estamos sempre incentivados conforme nós testemunhamos um outro grupo de jovens sendo enviados para fora de suas comunidades para impactar outros com o Evangelho.

A história de Kim Walsh

A visão de um pai

Ter filhos é provavelmente o presente mais precioso que um pai pode dizer que já tenha recebido de Deus. As esperanças e sonhos que temos para eles começam no momento em que eles nascem e nunca terminam. Conforme os vemos crescer e descobrir quais são seus dons, nós olhamos para o futuro e para o que provavelmente o espera. Para os pais que conhecem a Deus, às vezes um sofrimento equilibrar o que achamos que é o melhor para eles e confiar que Deus tem o melhor.

A história de Kimberly e sua filha de 18 anos é uma das que compartilham esse sofrimento, mas também mostra como bênçãos de Deus podem ser tão grandes quando colocamos nossos filhos nas mãos do Senhor. Taylor começou em setembro seu ano no Pais Project em Gana e aqui estão as palavras de sua mãe Kimberly quando ela explica a jornada que as duas passaram…

Quais eram meus planos

“Eu devo admitir que não fiquei muito animada quando minha filha me disse que ela queria se juntar ao Pais Project em Gana. Eu esperava que depois da escola ela, naturalmente, iria para a faculdade local e o pensamento de ela se mudando para tão longe de mim (nós vivemos na Califórnia) não era muito confortável. Ela pode ter 18 anos, mas ela sempre será minha criança preciosa.

Eu comecei a orar. Eu não tinha mais ninguém para recorrer além do Senhor e eu percebi que era um desejo egoísta da minha parte querendo que Taylor ficasse perto de mim que estava fazendo com que eu lutasse tanto. Eu estava tentando com todas as minhas forças que ela seguisse meus planos e ignorando os desejos de seu coração e também não permitindo a vontade de Deus na vida dela. Então eu decidi deixá-la seguir a direção de Deus.

O que mais me tocou

Com o passar dos anos, eu fiquei tão comovida pela compaixão de todos aqueles que conheci que trabalhavam no Pais Project. Eu posso ver claramente que Deus tem escolhido cada um deles para guiar pessoas para o Seu reino. A qualidade do treinamento do Pais habilmente os dá as ferramentas para fazer isso com compaixão, integridade e confiança. Quanto mais eu conheço o Pais Project e como funciona, mais eu me convenço de que deve haver uma equipe do Pais em cada escola e em cada nação.

O Que Estou Aprendendo

A jornada em que Taylor está tem sido um presente tão lindo para mim. Ver minha filha se tornar uma mulher de fé forte e confidente e ousada a declarar sua fé, faz meu coração se alegrar. Eu posso ver como a experiência a está moldando e usando-a para expandir o Reino, conforme Ele preenche seu coração com amor e a direciona com conhecimento. Eu estou tão orgulhosa por saber que ela está fazendo algo que mudará vidas e deixará marcas eternas. Através disso tudo, ela está me ensinando como me render totalmente a Deus e permanecer nas bênçãos que Deus promete diariamente.”

A jornada de Taylor na fé em sua vida adulta está apenas começando e quem sabe onde isso irá levar. Ela está considerando ficar mais um ano em Gana, mas onde ela estará daqui a 5, 10 ou 20 anos só Deus é quem sabe!

BACK

Send this to friend